Festa de São Benedito pode ser declarada Patrimônio Histórico e Cultural

Imagem: Proposição foi apresentada hoje pelo deputado Enelvo Felini
Proposição foi apresentada hoje pelo deputado Enelvo Felini
08/03/2018 - 10:30 Por: Fernanda Kintschner   Foto: Victor Chileno

A Festa de São Benedito realizada todo o mês de maio pela comunidade quilombola Tia Eva, em Campo Grande, poderá ser declarada Patrimônio Histórico e Cultural de Mato Grosso do Sul. Isso é o que propõe projeto de lei apresentado na manhã desta quinta-feira (8/3), pelo deputado estadual Enelvo Felini (PSDB).

De acordo com a justificativa do projeto, a Festa de São Benedito é realizada anualmente de 11 a 20 de maio e em 2018 completará 99 anos ininterruptos da celebração. “Os festejos começaram entre os familiares da Tia Eva e hoje atraem cerca de quatro mil pessoas à Comunidade”, explicou o deputado.

A proposta ainda explica que a Comunidade fica localizada no Jardim Seminário e reúne mais de 130 famílias, descendentes dos negros do quilombo ali fundado por tia Eva, que veio de Goiás para Campo Grande, em carro de boi acompanhada de suas três filhas e esposo, onde ergueu a Igreja de São Benedito. O projeto segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Permitida a reprodução , desde que contenha a assinatura "Agência ALMS".
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato "Nome do fotógrafo/ALMS".
08/03/2018 - Sessão Plenária
Banco de Imagens