Proposta de Junior Mochi solicita revogação de duas leis estaduais

Imagem: A proposta foi apresentada durante a sessão plenária desta quarta-feira
A proposta foi apresentada durante a sessão plenária desta quarta-feira
16/05/2018 - 14:50 Por: Juliana Turatti   Foto: Luciana Nassar

Na sessão ordinária desta quarta-feira (16), o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Junior Mochi (PMDB), apresentou o Projeto de Lei 95/2018, que revoga a Lei 262, de 8 de setembro de 1981, e a Lei 3.967, de 8 de outubro de 2010.

De acordo com o primeiro artigo da proposta, a Lei 262, trata da declaração de Utilidade Pública do Centro de Recuperação Esperança, com sede em Campo Grande, e a Lei 3.967, dispõe sobre a declaração de Utilidade Pública Estadual para o Instituto Samaritano de Políticas Públicas Albert Schweitzer (ISPP), com sede e foro também na capital.

"A primeira é em razão do ofício recebido da 2ª Vara Cível, da Comarca de Campo Grande, que informa a dissolução da associação e pede a expressa revogação do título de utilidade pública. Já a segunda torna o ato sem efeito porque está fundamentado na sentença transitada em julgada em processo, proferida pelo juízo também da 2ª Vara Cível, que dissolve a associação e pede a expressa revogação do título de utilidade pública, conforme intimação recebida pelo Diário da Justiça”, explicou Mochi, na justificativa o motivo das revogações das leis.

Agora o PL segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Casa de Leis, para depois ser apreciada em plenário pelos deputados.

Permitida a reprodução , desde que contenha a assinatura "Agência ALMS".
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato "Nome do fotógrafo/ALMS".
16/05/2018 - Sessão Plenária
Banco de Imagens