Agenda: Situação da saúde em MS e direitos dos idosos em debate na ALMS

Imagem: Programação da semana da Assembleia Legislativa é aberta ao público
Programação da semana da Assembleia Legislativa é aberta ao público
10/08/2018 - 10:04 Por: Fabiana Silvestre   Foto: Luciana Nassar

O Financiamento da Saúde em Mato Grosso do Sul e do Sistema Único de Saúde (SUS) e os direitos dos idosos estão entre os temas que serão debatidos na Assembleia Legislativa (ALMS) entre os dias 13 e 17 de agosto.

O primeiro assunto será destaque da programação de segunda-feira (13), entre 8h30 e 12h, no plenário Deputado Júlio Maia. Aberto ao público, o evento é uma proposição do deputado Dr. Paulo Siufi (MDB), presidente da Comissão Permanente de Saúde da Casa de Leis. Na avaliação do parlamentar, faltam recursos e gestão eficiente na saúde pública do Estado. 

As sessões plenárias, com debates e votações de projetos, também abertas ao público, são realizadas às terças, quartas e quintas-feiras, a partir das 9h, no plenário principal da ALMS. Os deputados membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), se reúnem às quartas-feiras, às 8h, no plenarinho, para apresentação dos pareceres relacionados à constitucionalidade e legalidade das matérias que tramitam no Legislativo, antes da apreciação em plenário.

Terça-feira (14), às 15h, no plenarinho, será debatida a Lei Estadual 5.235/2018, que dispõe sobre a Política Estadual de Preservação dos Serviços Ambientais, cria o Programa Estadual de Pagamento por Serviços Ambientais (PESA) e estabelece um sistema de Gestão do programa. A proposição é do autor da nova legislação, deputado Paulo Corrêa (PSDB), que preside a Comissão de Turismo, Indústria e Comércio.

A terceira reunião do ano da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa será realizada quarta-feira (15), às 14h, no plenarinho. De acordo com o coordenador do grupo de trabalho, deputado Renato Câmara (MDB), serão debatidos: a Lei 1.810/1997, alterada pela Lei 4.875 em 28 de junho de 2016; que prevê a destinação de 1% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) ao Fundo de Investimentos Sociais (FIS), sendo dois terços para a assistência social e instituições de longa permanência dos idosos.

Também serão apresentadas informações a respeito das oficinas e atividades esportivas da melhor idade nos municípios, dos trâmites de ação pública do Ministério Público Federal (MPF) sobre o passe livre, além de ações relacionadas à Semana Estadual do Idoso, realizada anualmente entre os dias 25 de setembro e 1º de outubro.

Permitida a reprodução , desde que contenha a assinatura "Agência ALMS".
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato "Nome do fotógrafo/ALMS".