Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Picarelli representa Assembleia em ato para construção de 300 unidades habitacionais

Imagem:
28/11/2018 - 11:59 Por: Marcelo Pereira - Assessoria de Imprensa   Foto: Marcelo Pereira

O deputado estadual Mauricio Picarelli representou a Assembleia Legislativa no ato para a assinatura de contrato entre a Caixa Econômica Federal, o Governo do Estado e a Prefeitura de Campo Grande para a construção de 300 moradias no Condomínio Residencial Jardim Canguru, na Capital.

O projeto tem investimento de R$ 29,2 milhões oriundos de Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), do Programa Minha Casa Minha Vida, com contrapartida estadual e municipal.

Além do Jardim Canguru, outros três projetos estaduais tiveram a contratação liberada em novembro, somando 624 unidades habitacionais – Chapadão do Sul, com 96 casas, Nova Andradina, com 128 unidades e Paranaíba com 100 moradias.

O deputado Picarelli destaca que o governador Reinaldo Azambuja tem alavancado o desenvolvimento do Estado aliando a estabilidade financeira com a  melhoria da qualidade de vida da população de Mato Grosso do Sul. “O governador Reinaldo Azambuja tem se empenhado para que cada família tenha o seu lugar para morar com dignidade. Podendo dar melhores condições de segurança, saúde e bem estar para homens em mulheres em todo o Estado que sonham com uma casa própria”, afirma Picarelli.

Os resultados da política de Habitação do governo podem avançar mais ainda em 2018, segundo o governador Reinaldo Azambuja. “Ainda é possível que tenhamos mais parcerias de projetos até o final deste ano”, disse ao anunciar que a equipe da Empresa Municipal de Habitação (Emha) e da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) estão em Brasília para viabilizar a liberação de mais projetos para o Estado.

Só em Campo Grande, a parceria Estado, Prefeitura e União soma 2.160 moradias em execução neste ano de 2018. De acordo com o prefeito Marquinhos Trad, os projetos são: Aero Rancho (448), Sírio Libanês (256), Tarumã e Laranjeiras (368), Paulo Coelho Machado (300), Batistão (160), Cidade de Deus (328) e Jardim Canguru (300).

“Nesses dois anos eu vim até o Reinaldo, até a Caixa Econômica e conseguimos a aprovação de 2.160 residências, que estão em execução… A nossa parte nós estamos cumprindo, construindo moradias para conseguir realizar o sonho de pessoas que há anos esperam uma casa e choram ao receber as chaves”, disse Trad.

O Condomínio Residencial Jardim Canguru será construído entre a Rua Catiguá e a Rua Betóia, no loteamento do mesmo nome. As 300 famílias beneficiadas serão selecionadas de acordo com procedimentos estabelecidos pela legislação, sendo a renda familiar exigida de até R$ 1,8 mil.

Os apartamentos terão 47,01 metros quadrados cada, com dois quartos, banheiro, sala, cozinha e área de serviço. Na parte de lazer, o residencial contará com quadra de areia, playground e quiosque, totalizando 1.356,03 metros quadrados.

Durante o ato que oficializou o convênio, realizado nesta quarta-feira (28/11), Picarelli assinou o contrato na condição de testemunha.

 

Com informações do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

As matérias no espaço destinado à Assessoria dos Parlamentares são de inteira responsabilidade dos gabinetes dos deputados.