Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
ALEMS no combate ao Coronavírus

Saúde em Foco fala da importância da imunização contra a influenza

Imagem: Saúde em Foco aborda a importância da imunização contra a H1N1
Saúde em Foco aborda a importância da imunização contra a H1N1
11/06/2021 - 12:11 Por: Ana Paula Gimenes   Foto: Divulgação/TV ALEMS

No programa Saúde em Foco que vai ao ar no mês de junho, o assunto é a vacina contra a H1N1. Apesar do foco atual ser a Covid-19, a população não pode esquecer as outras ameaças à saúde. A entrevista é com a gerente técnica de Imunização e coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Ana Paula Rezende de Oliveira Goldfinger. 

Ela ponderou que não precisamos agora é ter outra doença circulando que possa ser confundida com a Covid-19. Isso porque a gripe H1N1 e a doença causada pelo novo coronavírus têm sintomas parecidos, que podem ser confundidos e pressionar ainda mais os serviços de saúde. As ações de imunizações continuam a ser extremamente importantes para a proteção contra a influenza e devem ser mantidas apesar de todos os desafios frente à circulação contínua ou recorrente do Coronavírus.

Não há quase contraindicação para a vacina. Quem não tem alergia aos componentes do imunizante, pode se vacinar. Pessoas que fizeram transplante, pessoas com pressão alta, pessoas com diabetes e outras condições, devem e podem tomar o imunizante. Como a campanha de vacinação contra influenza é simultânea com a imunização contra Covid-19, a recomendação é que seja priorizada a administração da vacina Covid-19. Nesta situação, deve- se agendar a vacina influenza, respeitando o intervalo de 15 dias entre as vacinas.

Saiba mais sobre a vacina H1N1 assistindo a entrevista na íntegra no canal 9 da Claro NET TV. Você também pode acompanhar pelo canal da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) no Youtube, e assistir todas as edições.

Vacinação H1N1

Em Mato Grosso do Sul, a campanha de vacinação da H1N1 já está em sua terceira etapa da vacinação, começou no dia 9 de junho e vai até 9 de julho. Nesta estapa estão sendo vacinados indivíduos com comorbidades ou deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do sistema rodoviário e portuário, forças de Segurança e das Forças Armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e jovens de 12 a 21 anos que estão sob medidas socioeducativas.

 

Permitida a reprodução do texto, desde que contenha a assinatura Agência ALEMS.
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato Nome do fotógrafo/ALEMS.