Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
ALEMS no combate ao Coronavírus

Presidente Paulo Corrêa ressalta força da sustentabilidade para desenvolvimento de MS

Imagem: Presidente Paulo Corrêa participou do Seminário Negócios de Carbono e Sustentabilidade
Presidente Paulo Corrêa participou do Seminário Negócios de Carbono e Sustentabilidade
25/11/2021 - 10:46 Por: Christiane Mesquita   Foto: Cyro Clemente

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Paulo Corrêa (PSDB), participou da solenidade de abertura do Seminário Negócios de Carbono e Sustentabilidade, realizada no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, nesta manhã. O evento contou com a presença da ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, entres outras autoridades.  

Paulo Corrêa falou do Projeto Ilumina Pantanal, vencedor do maior prêmio de sustentabilidade do mundo, anunciado ontem, na Inglaterra.  “Ontem, ganhamos o prêmio de maior sustentabilidade com o Ilumina Pantanal, projeto do governador Reinaldo Azambuja [PSDB], melhor projeto do mundo de geração de energia elétrica, e no sábado será lançada uma estrada, a de Porto Rolon, que vai ligar o Pantanal da Nhécolândia ao do Paiaguás, trazendo mobilidade para o produtor rural. E no dia 13 de dezembro, passa a ser realidade a nossa rota bioceância, com o início da ponte. Temos que valorizar, cada vez mais. O sequestro de carbono quem está fazendo somos nós e precisamos ser remunerados por isso”, explicou Paulo.

O presidente da ALEMS ainda ressaltou as boas práticas do Estado, na área do Meio Ambiente. “Essas boas práticas que estamos fazendo aqui começam para quantificar as coisas, nós já temos um programa validado pelo governador, de sequestro de carbono. Fui presidente da Comissão de Meio Ambiente por oito anos, e o Jaime demonstrou a métrica, o homem pantaneiro deve ser valorizado, levanto essa bandeira, pois foi quem segurou as pontas até agora com o seu trabalho”, afirmou Corrêa.

A ministra Tereza Cristina destacou que o Mato Grosso do Sul é protagonista em várias áreas. “Alegria enorme em ver o Mato Grosso do Sul protagonizando num tema tão importante, e não é novidade nenhuma, há muitos anos somos protagonistas em agricultura e pecuária. Ainda precisamos melhorar mais, mas temos muito avanços que já foram demonstrados, digo a todos da Assembleia Legislativa que temos que estar atentos e trabalhar de forma moderna, ou nós somos protagonistas ou iremos a reboque. O Pantanal só está vivo graças aos produtores, que conhecem os ciclos do lugar. Com ciência, tecnologia e inovação avançaremos, não tenho dúvida que esse programa será um sucesso”, frisou.

Para o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), é muito importante reproduzir com sustentabilidade e diminuir as emissões de carbono que causam o efeitos estufa. “Isso para mim é uma política de Estado, não de governo, a gente precisa que isso seja incutido na sociedade sul-mato-grossense. A Casa de Leis tem sido grande parceiras do Executivo, hoje entregarei mais um projeto de lei que tem muito a ver com o que está sendo falado aqui, transformando todas as áreas de banhado da Bacia do Prata e da Bacia do Formoso, em Bonito, em Áreas de Preservação Permanente. Também destaco o ganho do Estado, pois nós elaboramos o melhor projeto de geração solar e sustentabilidade do mundo todo, que demonstra que estamos no caminho certo”, concluiu.


Parlamentares participaram do evento nesta manhã

Também participaram do evento a deputada Mara Caseiro (PSDB), líder do Governo na Casa de Leis, o deputado Eduardo Rocha (MDB), vice-presidente da ALEMS, os deputados Gerson Claro (PP) e Coronel David (sem partido), o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, e Rafela Nicola, diretora-executiva da Wetlands International Brasil.

Ilumina Pantanal

O projeto Ilumina Pantanal foi desenvolvido e realizado por meio de parceria entre o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, o Grupo Energisa e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ontem (24), dia em que a Energisa entregou o sistema de placas solares para geração de energia à milésima família moradora no Pantanal, foi anunciado, em Birminghan, na Inglaterra, que o projeto foi o vencedor do Solar & Storage Live Awards 2021, na categoria “International Solar and/or Storage Project of the Year” (em português: Projeto Internacional Solar e/ou Armazenamento do Ano).

Permitida a reprodução do texto, desde que contenha a assinatura Agência ALEMS.
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato Nome do fotógrafo/ALEMS.