Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
ALEMS no combate ao Coronavírus

Coronel David teme mortes em conflito por terras em Dourados

Imagem: O deputado estadual Coronel David cobrou medidas urgentes por parte dos órgãos federais
O deputado estadual Coronel David cobrou medidas urgentes por parte dos órgãos federais
10/11/2021 - 10:57 Por: Heloíse Gimenes   Foto: Luciana Nassar

Na sessão desta quarta-feira (10), o deputado Coronel David (sem partido) relatou os últimos acontecimentos ocorridos nos arredores da reserva de Dourados, envolvendo índios e sitiantes da região. Ele cobrou medidas urgentes por parte dos órgãos federais para não haver mortes durante o conflito por terras.

“Armados com facões e foices, cerca de 20 indígenas agrediram os sitiantes. Contudo, a Polícia Militar foi acionada e os autores fugiram para o matagal. Duas senhoras ficaram com lesões pelo corpo. O Estado Brasileiro precisa resolver essa situação, pois essas pessoas com o título de propriedade têm sofrido constantes atos de violência empreendidos pelos indígenas”, disse David.

O deputado também criticou a atuação das Organizações Não Governamentais (ONGs), pois, segundo ele, propagam a violência e insuflam a comunidade indígena. Zé Teixeira e Barbosinha, ambos do DEM, demostraram preocupação com a situação em Dourados.    

“Vejo a omissão do Ministério Público Federal. Defendo o envio da Força de Segurança Nacional para garantir a lei, a ordem e a segurança dos produtores. Estamos falando do retrato de uma crise anunciada. Se não tomarem uma providência, neste enfretamento haverá mortes”, afirmou Barbosinha.

O presidente Paulo Corrêa (PSDB) solicitou que o deputado Coronel David faça um documento a ser encaminhado ao Ministério Público Federal e outros órgãos competentes para tomarem as medidas cabíveis.   

Permitida a reprodução do texto, desde que contenha a assinatura Agência ALEMS.
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato Nome do fotógrafo/ALEMS.