Enelvo Felini divulga a realização do 55º Congresso Brasileiro de Olericultura

Imagem: Deputado comenta a importância do 55º Congresso Brasileiro de Olericultura sediado em Bonito
Deputado comenta a importância do 55º Congresso Brasileiro de Olericultura sediado em Bonito
08/08/2018 - 11:37 Por: Christiane Mesquita   Foto: Victor Chileno

Ao subir na tribuna da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, na sessão ordinária desta quarta-feira (8), o deputado estadual Enelvo Felini (PSDB) falou sobre o 55º Congresso Brasileiro de Olericultura (55º CBO). “O congresso começou na última segunda-feira (6) e termina no dia 10 de agosto. O município de Bonito deve receber mais de mil pessoas. Durante o evento também acontece o Encontro Latino-Americano de Horticultura”, relatou.

Com a temática de produção sustentável, qualidade de vida e estímulo ao consumo, é a primeira vez que o Estado abriga um evento dessa magnitude. “Para termos melhores alimentos em nossa mesa, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar [Semagro] e a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural [Agraer] estão fazendo a diferença. O congresso foi programado há um ano atrás pela Semagro, que já sabia da grande importância do assunto”, destacou.

O deputado também ressaltou que as parcerias foram essenciais para a realização do congresso em Mato Grosso do Sul. “O 55º CBO é promovido pela Associação Brasileira de Horticultura [ABH] e realizado pela Agraer, Semagro, Sistema Famasul e pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul [UEMS], e nos orgulha muito ter o Prof. Dr. Antônio Corrêa de Oliveira Filho, engenheiro agrônomo que atua na área de horticultura e extensão rural, dirigindo este congresso. Hoje eu não podia deixar de compartilhar a notícia da realização deste evento que permitirá que uma melhor tecnologia e conhecimento chegue ao homem do campo”, registrou Enelvo Felini.

Conceitos - Horticultura é a ciência agronômica que trata do cultivo de plantas de horta, pomar, estufa e jardim. Divide-se em olericultura, pomologia ou fruticultura, e horticultura ornamental. A olericultura se ocupa do cultivo das plantas vulgarmente conhecidas pelos nomes de verduras e legumes. São consideradas verduras as hortaliças cuja parte consumível são as folhas: alface, espinafre, mostarda, almeirão. Já o legume é a designação botânica da vagem das plantas leguminosas, como o feijão, a lentilha e a ervilha.

Serviço - O 55º Congresso Brasileiro de Olericultura está sendo realizando no Centro de Convenções de Bonito, que conta com auditórios, pavilhão de exposição e salas multiuso. Mais informações sobre o evento, clique aqui.

* Com informações do Portal da Agraer

Permitida a reprodução , desde que contenha a assinatura "Agência ALMS".
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato "Nome do fotógrafo/ALMS".
08/08/2018 - Sessão Plenária
Banco de Imagens