Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
ALEMS no combate ao Coronavírus

Ordem do Dia: Aprovado PLC que trata de pagamento de honorário na PGE  

Imagem: O Projeto de Lei Complementar segue para sanção do Poder Executivo
O Projeto de Lei Complementar segue para sanção do Poder Executivo
10/06/2021 - 09:37 Por: Heloíse Gimenes   Foto: Luciana Nassar

Na sessão ordinária desta quinta-feira (10), os deputados estaduais aprovaram por unanimidade, em segunda votação, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 2/2021, que altera e acrescenta dispositivos à Lei Complementar Estadual 95, de 26 de dezembro de 2001 - Organização da Procuradoria Geral do Estado de Mato Grosso do Sul (PGE-MS) e estatuto da carreira de seus membros.

O objetivo da proposta é adequar a previsão normativa acerca do pagamento dos honorários sucumbenciais, que é a verba devida pela parte vencida, para adequar suas regras à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6169.

A proposição também assegura a participação, com direito a voto, de todos os Procuradores do Estado nas assembleias da Associação que tratem de honorários advocatícios, a fim de garantir o direito constitucional de livre associação, além de atribuir a fiscalização da observância do texto constitucional ao órgão superior do Conselho Superior da PGE.

As alterações não trazem nenhum aumento de despesa ou qualquer benefício financeiro adicional, direto ou indireto, aos procuradores do Estado, mantendo-se os mesmos direitos já estabelecidos, em observância estrita da Lei Federal 173/2020, e da Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

 

 

 

 

Permitida a reprodução do texto, desde que contenha a assinatura Agência ALEMS.
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato Nome do fotógrafo/ALEMS.